sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Guia da Semana em 7 capitais brasileiras


Guia da Semana escreveu:
 
 
Em São Paulo-SP:
 
Cruel

Novo espetáculo da Cia. de Dança Deborah Colker comemora os 10 anos do Teatro Alfa

Local:Teatro Alfa (INFORMAÇÕES)
Preço(s):De R$ 40,00 a R$ 90,00.
Data(s):De 12 a 14 e 17 a 21 de setembro de 2008.
Horário(s):Quarta a sábado, 21h; domingo, 18h.

Cruel, novo espetáculo da Cia. de Dança Deborah Colker, explora as relações humanas no nono trabalho. Em curtíssima temporada no Teatro Alfa, histórias cotidianas são levadas ao palco, sejam familiares, amorosas ou solitárias. 

[...]

 Leia mais

  

No Rio de Janeiro-RJ:

Oãfarrag

Companhia discute a questão sócio-ambiental da água em espetáculo de dança

Local:Centro Cultural Justiça Federal (INFORMAÇÕES)
Site:http://www.ccjf.trf2.gov.br
Preço(s):R$ 20,00.
Data(s):29 de agosto a 14 de setembro de 2008.
Horário(s):Quinta a domingo, 19h.

 [...]

 O trabalho é resultado da atual linha de pesquisa em dança contemporânea que a companhia tem desenvolvido: a interação do corpo com objetos do cotidiano, sempre com o tema "água". 

[...]

 Leia mais

 Traces

Vinda de Montreal, companhia une teatro, circo, dança e outras linguagens no mesmo espetáculo

Local:Citibank Hall (antigo Claro Hall) (INFORMAÇÕES)
Preço(s):R$ 60,00 a R$ 120,00.
Data(s):28 a 31 de agosto de 2008.
Horário(s):Quinta, 21h30; sexta, 22h; sábado, 17h e 21h30; domingo, 16h e 20h.
Observações:Duração: 80 minutos.

 A companhia Les 7 Doigts de La Main/7 fingers chega ao Brasil pela primeira vez. Os bailarinos canadenses desembarcam no Rio de Janeiro para apresentações de 28 a 31 de agosto no Citibank Hall. O espetáculo Traces é uma mistura interessante de arte circense, acrobacias tradicionais chinesas, esportes de rua, piano clássico, dança, teatro, humor e instalações visuais.

Leia mais


 Grupo Corpo

Conceituada companhia de dança coloca no mesmo palco suas coreografias mais opostas

Local:Theatro Municipal (INFORMAÇÕES)
Preço(s):R$ 30,00 a R$ 480,00.
Data(s):28 a 31 de agosto de 2008.
Horário(s):Quinta a sábado, 20h ; domingo, 17h.
Observações:Duração: 80 minutos.

 [...]

 A conceituada companhia de dança contemporânea apresenta os espetáculos 21 e Breu num mesmo programa. O critério de eleição das coreografias é colocar lado a lado a criação mais recente e aquela que há mais tempo não é apresentada no país.

[...]

 Leia mais

 21-08-2008

  

Em Belo Horizonte-MG:

 Geraldas e Avencas

1º Ato trata da busca plástica e padronizada da beleza na sociedade contemporânea

Local:Teatro Sesiminas (INFORMAÇÕES)
Preço(s):R$ 24,00.
Data(s):até 31 de agosto.
Horário(s):sexta e sábado, 21h; domingo, 19h.

 [...]

 A montagem reflete sobre a padronização da estética na sociedade contemporânea e a descaracterização das relações. 

Leia mais

 29-08-2008

 UAI

  

Em Salvador-BA:

 Circuito das Artes

Evento reúne música, diversão e arte na capital baiana

Local:Bahia Café Hall (INFORMAÇÕES)
Site:http://www.circuitodasartes.com
Preço(s):de R$ 30,00 a R$ 50,00.
Data(s):de 22 de agosto a 10 de outubro.
Horário(s):sextas, 21h.
Observações:Censura: 16 anos.

 A partir de 22 de agosto, o Circuito das Artes traz ao Bahia Café Hall, na Avenida Paralela, uma mistura que inclui música, artes plásticas, cinema, teatro, dança, moda e responsabilidade social, todas as sextas, até 10 de outubro.

Leia mais

 

Em Porto Alegre-RS:

Bundaflor, Bundamor

Escola de dança inova com desmistificação da paixão brasileira

 

Local:Usina do Gasômetro (INFORMAÇÕES)
Data(s):9 a 31 de agosto.
Horário(s):R$ 20,00.

Com coreografia da Eduardo Severino Companhia de Dança, o espetáculo Bundaflor, Bundamor aborda com humor a ´preferência nacional´, mostrando movimentos que banalizam essa parte do corpo.

Leia mais

  

11º Porto Alegre em Dança

Festival atrai bailarinos do Brasil e exterior

 

Local:Centro de Exposições FIERGS (INFORMAÇÕES)
Preço(s):R$ 12,00 a R$ 18,00.
Data(s):29 de agosto a 7 de setembro de 2008.
Horário(s):diariamente, 18h.

Entre hoje e 7 de setembro, o Centro de Exposições da FIERGS sedia o 11º Porto Alegre em Dança. É uma grande celebração da dança, com diversas atrações: concurso com bailarinos de todo o Brasil, apresentando-se em todas as modalidades e categorias (balé, dança moderna, jazz, dança de rua, sapateado, flamenco, folclore); mostras de dança clássica, contemporânea e jazz; apresentações paralelas, oficinas, fóruns e feira.

 Leia mais

 27-08-2008

 

Em Brasília-DF:

 2

Peça é inspirada em texto de Plínio Marcos

 

Local:Caixa Cultural (INFORMAÇÕES)
Preço(s):R$ 16,00
Data(s):29 de agosto de 2008.
Horário(s):29 de agosto, sexta, 20h

 O BaSiraH - Núcleo de dança contemporânea apresenta 2, espetáculo de dança contemporânea com livre inspiração no textoDois perdidos numa noite suja, de Plínio Marcos. O evento será realizado no Festival Internacional de Teatro de Brasília.

Leia mais

  

Em Curitiba-PR:

O Tombo

Interpretação exige do artista movimentos precisos e exatos

Local:Teatro José Maria Santos (INFORMAÇÕES)
Preço(s):R$ 10,00.
Data(s):até 30 de agosto de 2008.
Horário(s):sexta e sábado, 20h30.

 A companhia Guaíra 2 Cia. de Dança apresenta o espetáculo O Tombo, inspirado no conto Um Discurso sobre o Método, de Sérgio Sant´ana. A obra encena um limpador de janelas que pára para descansar, provocando no público a sensação de que o dançarino poderia se suicidar.

 Leia mais

 27-08-2008



29-08-2008: Prática de Tango


Thelma Pessi
e s c r e v e u



clique
na imagem
para
a m p l i a r


Prefeitura de SP: dança em agosto de 2008


Portal da Prefeitura de São Paulo
escreveu

Dança

Programação de Agosto

 

  • BUMBA-MEU-BOI
  • Com o grupo Cupuaçu.
    O tradicional grupo paulista liderado pelo maranhense Tião Carvalho apresenta a dança do bumba-meu-boi do Maranhão e de outras manifestações típicas desse estado. A apresentação faz parte da exposição Bumba-meu-boi, em cartaz de 18 a 30 na Biblioteca. 

    / Biblioteca Pública Belmonte. Zona Sul. Dia 27, 14h. Grátis

      

  • CIA. 2 DO BALÉ DA CIDADE DE SÃO PAULO
  • Coreografias: Produto perecível. Dir. e concepção: Sandro Borelli. Com Andréa Maia, Mara Mesquita e Raymundo Costa. 15 min;Pequenas paisagens. Criação e interpretação: Armando Aurich. Música: Renato Jimenez. 10 min; e 2 reflexos. Dir.: Mariana Muniz. Criadoras-intérpretes: Mariana Muniz e Claudia Palma. Agradecimentos: Cláudio Gimenez, Aline Bonamin, Maria Lúcia Lee e aos cursos de dança e movimento e teatro da Universidade Anhembi Morumbi. 30 min.

    A coreografia Produto perecível, de Sando Borelli, foi inspirada na obraA morte, de João da Cruz e Souza (autor que morreu aos 36 anos sem ter o devido reconhecimento de sua obra); Pequenas paisagens, de Armando Aurich, investiga as possibilidades de comunicação feita por meio dos movimentos do corpo;
    2 reflexos, de Cláudia Palma e Mariana Muniz, foi baseada na obra O espelho, de Guimarães Rosa, e explora os diversos sentidos da palavra reflexo.

    / Apresentações seguidas. Galeria Olido – Sala Paissandu. Centro. De 21 a 31. 5ª a sáb. 20h. Dom. 19h. Grátis


    17º O MASCULINO NA DANÇA

    CENTRO CULTURAL SÃO PAULO / SALA PAULO EMÍLIO SALLES GOMES E JARDINS / CENTRO / DE 20/8 A 21/9 / GRÁTIS

    A 17a edição do projeto O Masculino na Dança chega com dois formatos: um voltado para a sala Paulo Emílio Salles Gomes e outro para os jardins do CCSP.

    • MEU NÃO LUGAR
      Concepção, criação e interpretação: Marcos Buiati.
      O solo propõe diferentes estados corporais.
    • SERUMANUS
      Criação e interpretação: Daniel Fagundes. 
      O dançar de um homem lançado ao solo.
    • REVISITA 
      Criação e interpretação: Leandro Berton. 
      Autoficção corpórea na forma de sensações de maus-tratos vividos na infância.
      / Exibições seguidas. 12 anos. 45min. Sala Paulo Emílio Salles Gomes. 
      De 20 a 31. 4ª a sáb, 21hDom., 20h
    • MINUTOS SOB CONDIÇÃO
      Criação e interpretação: Clayton Leme. 30 min.
      Discute idéias que transitam entre o dentro e fora, lugar de interferência do mundo que nos cerca e do modo como nos organizamos diante dele.
      / Jardim. Livre. 30min. 
      De 20 a 24. 4ª a sáb, 20h. Dom., 19h

    Acesse também:

    portal da prefeitura de são paulo

     31-07-2008

     http://www.centrocultural.sp.gov.br/programacao_danca.asp 



    noé, noé


    Noé Noé! Deu a Louca no Convés
    é o novo espetáculo de Ivaldo Bertazzo



    TUCA - Teatro da Universidade Católica

    Noé Noé! Deu a Louca no Convés 
    COM DIREÇÃO GERAL DE IVALDO BERTAZZO, 
    RETOMA O TEATRO MUSICAL BRASILEIRO, SOB NOVA PERSPECTIVA

    Montagem conta com a participação especial da soprano Cèline Imbèrt, ao lado da Cia. TeatroDança Ivaldo Bertazzo. Estréia para convidados será em 24/08, no Tuca

    Com roteiro de Adriana Falcão Nelson Caldas, a montagem traz a soprano Cèline Imbèrtem participação especial, ao lado da Cia. TeatroDança Ivaldo Bertazzo e do elenco convidado: a bailarina indiana Kanchan Maradan, os atores-cantores Ricardo Graça Mello eEdgar Bustamante e a atriz-dançarina Ciça Meirelles, além dos dançarinos-clowns do Grupo Namakaca.




    Guia da Folha

    Ivaldo Bertazzo estréia "Noé Noé" inspirado no teatro musical

    CAMILA NEUMAM
    Colaboração para a 
    Folha Online


    O novo espetáculo de Ivaldo Bertazzo, "Noé Noé! Deu a Louca no Convés", em cartaz no Tuca (região oeste de São Paulo), traz uma visão diferente dos trabalhos anteriores, focados unicamente na dança, a proposta do coreógrafo é fazer um teatro musical com base na união de variadas linguagens cenográficas.

    A temporada fica em cartaz na capital paulista até 19 de outubro, com sessões às quintas, sextas e sábados, às 21h30, e aos domingos, a partir das 19h.




    Folha online - videocasts

    Espetáculo, de Ivaldo Bertazzo, retrata cais movimentado; assista

    Estréia neste domingo (24) e segue até o dia 19 de outubro, o espetáculo "Noé Noé! Deu a Louca no Convés". A peça mostra o ambiente de um cais, onde um transatlântico de luxo se prepara para partir com um grupo inusitado de passageiros.



    Guia da semana

    Noé Noé! Deu a Louca no Convés

    Montagem conta com a participação especial da soprano Céline Imbert, ao lado da Cia. TeatroDança Ivaldo Bertazzo




    Cidade de São Paulo

    Espetáculo Noé Noé! Deu a louca no Convés estréia em São Paulo

    19 de agosto de 2008 - São Paulo reafirma sua posição de vanguarda com a apresentação de “Noé Noé! Deu a louca no convés”. A montagem da Cia. TeatroDança Ivaldo Bertazzo traz uma releitura do teatro musical brasileiro. O espetáculo associa diversas linguagens cênicas e busca retomar o caráter contestador, democrático e irreverente do teatro de revista.



    TRUVEO - videos

    Ivaldo Bertazzo Videos










    Conexão Dança: audições - notícias



     
    e acesse informações sobre
     
     
     
      
     
    - Seleção para Dançarinas - Salvador-BA - agosto
     
    Vinhedo Cia. de Dança - Vinhedo-SP - 30-08-2008
     
    Cia. Corpos Nômades  - São Paulo-SP - 30-08-2008
     
    Bale Popular Brasileiro novo elenco China 2008/09
      
     
    -  notícias:
     
     
    Crítica/Helana Katz-Estadão
     
     
     

    Sala Crisantempo: TEATRO : Programação Setembro


    Crisantempo
    e s c r e v e u





    SETEMBRO
    Crisantempo Produções Artísticas e Sambatá apresentam

    AGÔ! Dança Contemporânea

    Com Guga Stroeter &Orquestra HB, Sapopemba (Brasil), Liena Centeno (Cuba) e
    bailarinos
    Direção: Guga Stroeter
    Coreografia: Ângelo Madureira e Ana Catarina Vieira

    20 de setembro a 19 de outubro
    Sábado às 21h
    Domingo às 20h
    Ingresso: R$ 15 e R$ 7






    acesse a postagem de


    Dança Brasil - Informa


    Luciana Mayumi
    escreveu






    O Miami City Ballet está com os olhos bem abertos para o talento de bailarinos de Campinas. Terceira maior companhia de dança dos Estados Unidos, a instituição, que já acolheu estudantes de balé de São Paulo e do Rio de Janeiro para temporadas de aperfeiçoamento e conta com um brasileiro em seu corpo de baile, mandou um observador avançado para a cidade. Ricardo Montealegre, dançarino colombiano que responde pela direção administrativa da escola, esteve recentemente na Academia Juliana Omati para reconhecer o terreno e, nas palavras dele — ditas em português quase impecável —, tentar construir “uma ponte cultural entre Campinas e Miami”.

    Ainda que em fase inicial, a prospecção que Montealegre veio realizar aqui — após conhecer Juliana Omati por meio da coreógrafa Michele Ghidotti, de São Paulo — promete render frutos. Principalmente porque os bailarinos brasileiros têm características que fascinam profissionais de dança ao redor do mundo, como afirma o diretor. “É um jeito de dançar diferente, é com a alma, diz Montealegre. Os bailarinos brasileiros têm rapidez e soltura (nos movimentos)”, completa.

    O Miami City Ballet adota o método Balanchine, que estabeleceu os moldes do balé moderno. Esse método, criado pelo coreógrafo russo George Balanchine (1904-1983), se baseia “em fazer o (movimento) antinatural de um jeito natural”, define o diretor. “É unir as posições com fluidez, não demonstrar posição por posição.” Segundo Montealegre, a técnica criada pelo coreógrafo demanda “rapidez e bravura” dos dançarinos. Portanto, as audições que a escola realiza fora dos Estados Unidos buscam os melhores alunos. “Nós levamos o que está feito e fazemos um aprimoramento.”

    Do primeiro contato de Montealegre com Juliana Omati resultou pelo menos um compromisso — o de ajudar o Miami School of Ballet a descobrir dançarinos promissores entre os alunos da academia. “Ele quer que a gente mande vídeos de jovens talentos”, afirma Juliana. “E, em dezembro, ele volta ao Brasil”, diz.

    Fundado em 1985 pelos bailarinos Edward Villella e Toby Ansin, o Miami City Ballet inaugurou sua escola, a Miami City Ballet School, em 1993. Ao longo do ano, a instituição recebe alunos de 5 a 19 anos para temporadas de aperfeiçoamento. Há também cursos intensivos de Inverno e Verão para alunos de diferentes faixas etárias, e aulas abertas para adultos de diversos níveis de experiência. A companhia está sediada em Miami Beach, Florida, onde ocupa prédio de 5,4 mil metros equipados equipado com oito salas de aula (sendo que duas delas podem ser combinadas para formar teatro com capacidade para 200 pessoas).

    A entidade conta com 55 bailarinos de diversas nacionalidades, que apresentam repertório formado por 88 espetáculos. O orçamento da entidade, que é financiada pelos governos federal e estadual, é de US$ 14,5 milhões para o ano fiscal de 2008/09. Mais informações no site www.miamicityballet.org.


    Luciana Mayumi

    Bacharel e Licenciada em Dança

    Drt.: 12.465]

    Visite: www.artescoreograficas.com

    ATENÇÃO NOVO EMAIL:  luciana@artescoreograficas.com